Novo

Introdução Ao Pensamento De Alexis De Tocqueville

24 reais con 50 centavos

em 5x 5 reais con 51 centavos

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 5x!

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Características principais

Título do livroIntrodução ao pensamento de Alexis de Tocqueville
AutorRafael Lamera Cabral
IdiomaPortuguês
Editora do livroEDUFERSA

Outras características

  • Tipo de narração: Direito

  • ISBN: 9788557570214

Descrição

TAMANHO: 14X21
PÁGINAS: 162

O dilema sobre igualdade e liberdade no contexto sócio-político do século XIX é um dos focos do pensamento político de Alexis de Tocqueville. O autor, em sua primeira obra, “A democracia na América”, repensa o problema francês de igualdade e liberdade em uma só palavra: democracia. Ao atribuir primazia ao fato democrático, diferencia-se dos pensadores de sua época. No entanto, ele não era um admirador ingênuo da democracia. Ciente da importância que a igualdade e a liberdade desempenha na ordem democrática, apresenta sua análise da sociedade americana aos seus compatriotas franceses com o objetivo de tirar da América ensinamentos úteis e proveitosos. Para o autor, a igualdade surge como uma grande aliada ao desenvolvimento da democracia, pois favorece o bem-estar do maior número. Todavia, a constante igualdade de condições pode ocasionar infortúnios, tais como os conhecidos efeitos do individualismo, tirania da maioria, despotismo democrático e centralização política. Entretanto, Tocqueville intuía que a liberdade poderia ser o antídoto dos efeitos maléficos produzidos pela extrema igualdade de condições e, com isso, compreendeu que o sucesso da democracia americana surgiu com o espírito de igualdade e liberdade que foram, paulatinamente, transferidos dos hábitos e costumes dos americanos para suas leis.